Alimento seco, alimento úmido ou misturado?

Escolher uma ração ideal, entre todos os diferentes alimentos disponíveis para seu cachorro, pode parecer difícilÉ por isso que estamos aqui para ajudar você a fazer a melhor escolha. 

Não faltam opções de ração úmida ou seca disponíveis para os pets.  Se você prestar atenção nas embalagens, vai ver que a maioria das comidas disponíveis são descritas como alimentos completos. Isso significa que elas oferecem todos os nutrientes e vitaminas que seu cachorro precisa. E você ainda pode misturar as duas opções. 

Mas qual seria a melhor maneira de manter uma alimentação balanceada entre opções secas ou úmidas? Separamos aqui alguns dos pontos de atenção para você levar em consideração na hora de cuidar da alimentação de seu cachorro. 


Ração seca 

Vamos começar 
com uma dúvida bem básica que surge entre novos cuidadores de cachorros: posso alimentar o animal 
somente com ração seca? Sim! As opções disponíveis no mercado hoje possuem todos os componentes necessários para boa saúde do animal e seu desenvolvimento. Não esqueça de conferir com o médico veterinário qual o melhor tipo de ração que se adequa ao seu pet. 

Além da facilidade de ser encontrada no mercado, ela é mais barata conta com uma duração muito maior do que os outros alimentos disponíveis.  Outra grande vantagem desses alimentos é a manutenção da saúde bucal do pet, reduzindo placas e a formação de tártaro. Um ponto de atenção é de que rações mais duras são mais ideais para cachorros mais novos. Animais com mais idade talvez tenham certa dificuldade em comer as rações.  

Sabe outra vantagem de uma dieta com ração seca? As fezes saem sempre durinhas, facilitando tanto o recolhimentoquanto a identificação de possíveis sintomas de problemas de saúde do cachorro.  


Ração úmida 

 

Pode ser tanto sachêquanto latinha de comida: as rações úmidas são quase uma unanimidade entre os pets. Como o faro é um dos principais sentidos dos caninos, as opções pastosas já saem na frente das sólidas pelo aroma de comida frescaVocê abre um pacotinho desses e já aparece um cachorro (ou vários) salivando ao seu lado. Seu sabor também é incontestavelmente melhor que uma ração seca. Se você der uma esquentadinha no micro-ondas então... é irresistível para a maioria dos pets. 

Mas, além do cheiro, quais seriam as outras vantagens desse tipo de alimentação? 

Podemos começar lembrando que elas são exatamente o oposto das rações secas: por sua composição mais mole, é fácil de comer e ideal para animais com mais idade. Além disso, ela repõe naturalmente o líquido para cachorros que não tenham muito o costume de tomar água durante o dia. Também auxilia a manutenção de sua saúde e no bom funcionamento dos rins do animalzinho.  

Infelizmente seu prazo de validade não é o mesmo das rações secas e você não pode deixar a comida no pote do cachorro por muito tempo. Por esse motivo também fica mais complicado estocar esse tipo de alimento. 


E pode misturar ração seca e úmida? 

 

Pode! Essa talvez seja uma das melhores opções para seu pet. Além de manter uma boa quantidade de água em sua alimentação, a ração seca representa todos os benefícios para a saúde bucal já falados no início no artigo. O único ponto que você tem que prestar atenção nessa dieta é a possibilidade do seu cachorro não se interessar mais somente pela ração seca sem acompanhamento.  

Isso não é uma regra. Não são todos os cachorros que deixam de gostar de ração seca após prová-la misturada. Caso isso aconteça – e você esteja querendo deixar de servir rações misturadas – a alternativa é ir diminuindo a opção pastosa aos poucos, servindo porções cada vez mais secas. Mesmo processo que você faz ao trocar a ração do seu melhor amigo. Só não deixe de se certificar de que ele esteja realmente se alimentando direitinho e tomando muita água.  

Caso essa troca comedida de alimentos não tenha sucesso, procure o auxílio de seu médico veterinário.