Veterinário: como escolher alguém para cuidar do seu pet?

Existem diversos cuidados com o cachorro que devemos ter após sua chegada em casa. A saúde não pode ficar de fora: um cão saudável é um cão que irradia alegria para o mundo inteiro. Então, se ele está feliz, todos ficam felizes também! 
 
Entre exames, aplicação de vacinas, cuidados emergenciais, castração e dúvidas rotineiras, é importante ter por perto um profissional qualificado e que transmita confiança, afinal, essa é a base de qualquer relação.  
 
Como estamos falando de um vínculo para a vida inteira, nada melhor do que escolher um profissional para acompanhar seu pet com calma e certeza, não é mesmo? Para te ajudar nessa decisão, separamos uma lista com dicas essenciais para encontrar um bom veterinário de cachorro e garantir que seu amiguinho fique em boas mãos o tempo todo. Venha com a gente! 
 
 
Procure indicações de pessoas próximas 
 
O bom e velho marketing boca a boca pode ser muito útil na hora de pesquisar por um atendimento veterinário de qualidade. Nesse momento, vale pesquisar em grupos de redes sociais, mandar mensagens ou ligar para amigos, parentes, colegas de trabalho e outros conhecidos de confiança que possuem bichinhos de estimação. Assim, você se livra de propagandas enganosas e consegue recomendações mais realistas de qual ambiente médico frequentar (ou passar longe).  
 
Você também pode aproveitar para tirar dúvidas sobre planos de saúde para cachorros, pedir dicas de brinquedos, atividades e muito mais. Esse contato pode parecer simples, mas trocar experiências com quem já está acostumado a ter um cãozinho como membro da família faz toda a diferença. 
 
 
Informe-se sobre o hospital veterinário 
 
Após conseguir uma lista de referências, ligue para as clínicas veterinárias que mais te agradaram e informe-se a respeito do ambiente. Você pode perguntar quais são os serviços oferecidos e se há atendimento veterinário 24 horas ou em casa, por exemplo.  
 
Pesquisar pelo nome do hospital veterinário na internet também é uma ótima ideia: em poucos cliques você confere mais informações sobre o local e avaliações de diversas pessoas que já passaram por lá. 
 
Levando em conta a assistência disponível, avaliações, localização e valores, será mais fácil escolher um hospital veterinário. Ou pelo menos diminuir as opções.  
 
Depois, é só verificar se a clínica está legalizada e em dia com os órgãos fiscalizadores. Se estiver tudo certo, marque uma visita ao local para observar a estrutura, limpeza e recepção. 
 
 
Conheça os profissionais responsáveis 
 
Além de estrutura, você também precisa se atentar aos responsáveis pelo bem-estar do cão durante o tempo na clínica. Utilize a internet a seu favor mais uma vez e pesquise sobre a equipe médica antes de marcar uma consulta.  
 
Dependendo do estado onde você mora, os veterinários formados podem ser encontrados no site do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV). Lá, você encontrará diversos materiais de suporte, como fiscalização, serviços, código de ética e canal de denúncias. Tudo para complementar sua opinião e auxiliar na decisão final. 
 
Na hora de levar o cachorro no veterinário pela primeira vez, analise o comportamento do médico durante a consulta. Verifique se ele age cuidadosamente, tem firmeza no que fala, está por dentro das novidades sobre o mundo canino e consegue te explicar tudo com clareza.  
 
Lembre-se: ele será seu guia para dúvidas, recomendações de produtos, diagnósticos, tratamentos e tudo mais que envolver a saúde do cão. Então é bom se certificar que está falando com uma pessoa bem qualificada para o assunto. 
 
Quanto maior a confiança no veterinário, menor serão suas preocupações e o medo do cachorro. Assim, vocês criam um vínculo agradável e seguro. Todo mundo sai ganhando! 
 
_____________ 

 
Quer encontrar mais dicas como essas? Então acompanhe nossos artigos aqui no site e saiba como cuidar de um cachorro para que ele se sinta protegido e contente ao seu lado!